terça-feira, 30 de julho de 2013

QUARTOS COM DUAS OU MAIS CAMAS

Já mencionei aqui que somos seis filhos, e que na infância eu dividia um quarto com minhas duas irmãs, enquanto meus irmãos também dormiam os três no mesmo quarto, convivência necessária que aconselho.
Mas os filhos saem de casa, como aconteceu comigo, e seus quartos vazios têm que ser repaginados e convertidos em cômodos que antes nos faziam falta.
No meu caso, o quarto dos meninos foi transformado em quarto de hóspedes com duas camas, assim o quarto não fica de uso exclusivo de casais, o que achei ótimo. Acrescentei ali um berço, assim Bernardo e Caio têm também seu conforto garantido quando vem nos visitar.


















Via Pinterest

7 comentários:

  1. Respostas
    1. Beautiful ideas, I agree.
      Have a sunny day.
      Tereza

      Excluir
  2. Olá,
    Adorei as imagens, revelam ambientes muito distintos, mas muito inspiradores!
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sílvia, eu gosto muito de quartos com 2 camas, gosto da simetria.
      Beijos
      Tereza

      Excluir
  3. Sugestões tão lindas!
    Não sei o que farei quando chegar a altura dos meus filhos deixarem a nossa casa.

    Quando crescia - e na casa que eu considerava meu Lar - eu dormia num quarto imenso, na cama com minha Tia Adélia e meu irmão dormia noutra cama. Enquanto pequeno com minha Avó e mais tarde minha Avó passou para o quarto que tinha sido de meus bisavós e meu irmão ficou nessa cama. Chegando a adolescência viemos para casa de meus pais e cada um tinha seu quarto.
    Quando voltava a Casa - no Norte - meu quarto estava tal e qual como tinha deixado e eu adorava essa sensação (até o livro que tinha lido no Verão passado estava na mesinha de cabeceira...).
    Quando casei minha mãe "desfez" mau quarto e ainda me lembro da sensação de não "poder" voltar... Assim que, quando chegar a altura, vejo para que lado os meus filhos pendem ahahahahah e farei de acordo.
    Vou dizendo que quando saírem desfaço o quarto deles e farei um quarto de meninas (para as netas que me vão dar :)) e um quarto de meninos (para os netos que têm de me dar;)) ahahahahahah ainda hoje acho que é impagável o que se compartilha e sente quando se vive no espaço; nessa horas de mais fragilidade: ao acordar e ao adormecer.
    Adoro essa cabeceira com palavras. Vou usar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teresa,
      eu não posso dizer que me senti bem quando tirei todos os elementos que davam personalidade a cada um dos quartos - é o momento em que nos damos conta de que nossos filhos realmente saíram de casa e que não vão mais voltar, a não ser como visita, isto quando passam a viver em outra cidade.
      Para ajudar a eliminar a sensação de ninho vazio, o ideal é remodelar, dar nova utilidade aos cômodos que um dia estiveram tão "cheios".
      Também gosto muito da cabeceira com palavras, é charmosa e descontraída.
      Beijos
      Tereza

      Excluir
  4. Queria sabe como eu faco pra faze um quartro pequeno com treis cama

    ResponderExcluir

Vou adorar ler seu comentário, além é claro, do prazer enorme de saber que passou por aqui.